IV Colóquio Internacional "Cinema, Estética e Política"

Escritas de si, escritas do outro: figurações da alteridade no cinema autobiográfico de David Perlov, Avi Mograbi e Elia Suleiman

junho 5th, 2015  |  Published in 2015, Sinopses_2015

por Ilana Feldman


5.David Perlov - Diario

David Perlov – Diario


O cinema autobiográfico tem problematizado de forma cada vez mais instigante o modo pelo qual a subjetividade, constituindo-se na imagem e por meio da imagem, pode tornar-se condição para a relação com a alteridade. Nesse panorama, as obras autobiográficas do cineasta brasileiro radicado em Israel David Perlov, do israelense Avi Mograbi e do palestino Elia Suleiman interrogam as interseções entre as esferas pública e privada, a história e a memória, o pessoal e o político, fazendo da escrita de si a mais potente forma de escrita do outro. Na comunicação proposta, analisaremos fragmentos de Diário 1973-1983 (Perlov, 1985), Vingue tudo, mas deixe um dos meus olhos (Mograbi, 2005) e O que Resta do Tempo (Suleiman, 2009), sendo as três obras realizadas em Israel, país que, marcado por dissensos políticos e conflitos milenares, tem fomentado uma das mais expressivas produções cinematográficas da atualidade. Se Perlov encarna a figura da angústia e do mal-estar, Mograbi a figura do confronto e Suleiman a figura da perplexidade, a identidade de cada um dos realizadores vai se confundir com a alteridade de seus próprios personagens: pois é apenas a partir desse lugar que o radicalmente outro – o outro do outro – pode ser, em cada um dos filmes e de distintas formas, evocado, ouvido, entrevisto ou figurado. Perceber e pensar sobre essas aparições e coabitações na imagem é o que nos interessa.



5.Avi Mograbi - Vingue tudo

Avi Mograbi – Vingue tudo



5.Elia Suleiman - O que resta do tempo
Elia Suleiman – O que resta do tempo

Pesquisa

Sobre o Colóquio

O Colóquio Internacional "Cinema, Estética e Política" é promovido pelo Grupo de Pesquisa "Poéticas da Experiência", vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMG, com auxílio da CAPES e da FAPEMIG. O colóquio acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de Junho de 2015, no Cine 104

Realização

Grupo Poéticas da Experiência
CAPES
FAPEMIG